PROPÓSITO E AUTENTICIDADE

Proposito e Autenticidade

PROPÓSITO E AUTENTICIDADE

Sempre que me perguntam qual é meu Propósito: eu fecho os olhos e vejo a menininha que sempre era chamada para mediar conflitos e para dar conselhos.

Sempre me incomodei com o “comodismo”, com o ficar “parado esperando”.

Estava lá minha alma gritando: quero impactar transformação, mas sei que ela só possível se a assumirmos com protagonismo.

Nosso Propósito se relaciona com aquilo que temos de maior verdade, da hora que acordamos até a hora de dormirmos.

Nosso Propósito se conecta com a verdade da nossa alma, com nossa Autenticidade, com nossa essência.

Nosso Propósito conversa com o “como” fazemos as coisas. Podemos fazer o mesmo “o que”, mas o “como” é nosso, é autêntico.

Nosso Propósito está nesse lugar autêntico de ser e existir no mundo.

É olhar pra dentro e reconhecer o quão grandiosa é minha essência e meu potencial.

É aceitar o chamado que a vida te traz, naturalmente, pra você entregar pro mundo.

Trabalhar com Propósito preenche a alma. Não é sobre fazer muito. É sobre entregar com alma.

Chega num momento da vida que cansamos de tentar ser quem não somos, cansamos das nossas máscaras, cansamos de trabalhar com o que não nos preenche e com o que não faz sentido pra gente, com o que não nos conecta, com o que não acreditamos, com o que não nos toca…. cansamos de brigar com nossa essência e valores mais profundos.

Nessa hora, fazemos às pazes conosco, aceitamos nossa história e aprendemos a honrar e a agradecer.

Acolhemos os acertos e, principalmente, os erros. Honramos nossas tentativas, pois, na maioria das vezes, estamos bem intencionados.

Nesse momento, acessamos uma liberdade para ser, uma nova auto estima, que preferimos até que os outros se afastem pelo que somos do que se aproximem pelo que não somos.

Autenticidade é exatamente respeitar você, sua história, seu potencial e suas dores também, sua verdade.

É assumir até onde consegue ir e se desenvolver, e quais são seus limites.

É não botar isso em cheque mais, é não trocar mais isso por nada, é não botar essa “liberdade de ser” à venda.

É falar a verdade pra você, não para o outro.

De toda forma, sua mensagem autêntica transbordará para o outro. Através de sua postura.

Propósito é sua missão, seu legado, sua voz.

É o rastro que deixa por onde passa.

A marca que deixa no mundo, mesmo sem querer e sem pensar.

Propósito é seu ser autêntico com o “radar de adaptação desligado”, porque te pegou à vontade na rede “apenas” sendo você.

Tem a ver com sua essência, seus valores mais profundos, o que, de fato, te move, que agrade a você (mais ninguém).

É sair do julgamento, é não ter medo de encarar seu espelho.

Propósito é assumir sua autenticidade, é aceitar-se, mesmo que o outro não goste disso.

Propósito não é sobre o que queremos, é sobre o que somos, mesmo sem querer.

Pergunte-se:

O que dizem que você causa quando está com sua “antena adaptativa” desligada?

O que sua voz grita?

O que você transpira sem perceber?

Aquilo que, quando você viu, já fez, já impactou?

Que faz de graça?

Que acorda e dorme pensando em gerar?

O que as pessoas mais próximas te reconhecem?

O que fazia na adolescência naturalmente, que te chamavam pra fazer?

Qual a tônica da mensagem que te atravessa?

Qual mensagem você transborda para o mundo, mesmo sem querer?

Enfim, qual energia e crença você vibra para o universo?

Seu Propósito não é escrito em pedra, pode sofrer evoluções, ampliações, até se afunilar.

Só enxergamos ele na íntegra, quando nos colocamos nessa estrada, com o farol ligado, e vamos enxergando, aos poucos, os próximos Kms chegando.

Pode ser que nunca chegue num “destino final” absoluto, mas sim que a estrada continue sendo iluminada, a cada novo caminhar, mais visualizações.

Porque seu Propósito conversa com seu momento de vida, com o que te faz sentido naquele momento.

E nossa vida muda, as prioridades, e o que nos toca, vai mudando também.

E é nesse lugar mais profundo, de onde mais nos toca, que conseguimos tocar o outro.

É exatamente o tanto que caminhamos conosco, que podemos ajudar o outro a caminhar.

Não existe teoria em Propósito, existe experimentação.

O seu Propósito conecta com o desejo do outro experimentar o que você já conseguiu.

É do seu despertar que se pode inspirar o despertar do outro.

É o que te toca, é o que consegue fazer primeiro consigo, que se encontra seu Propósito no mundo.

Precisa de ajuda?